Artwork

Divisão de herança

Divisão de herança

Hoje estava vendo várias publicações antigas e me deparei com esta de 2018. E volto a publicar porque sempre é um assunto atual e sofrido para todas as famílias. E com cotoveladas, tapas, lágrimas, xingamentos… isto quando é consensual. Imagine o inventário judicial. Hummm….
Bom, mas nesta arte coloquei peixes porque eles representam riqueza. Agora embaixo deles, é tudo baixo, do mais baixo nível. 
E os tubarões… ainda bem que estes tem ainda dentinhos de leite. Kkkk… agora os outros são de vários tamanhos e voracidade. E de vez em quando um come um que outro que está distraído.
Pois é, mas tudo tem que ser dividido: Móveis, loucas, joias, roupas do vestuário, sapatos, perucas e, pior, até as galinhas. Ah! E os imóveis. Aí pega. É um vale tudo. 
Total que nas conversas acaloradas é possível ver alguns objetos voando, além dos já citados. E mais repolhos, batatas, ovos, e arroz, tipo papa, para lambuzar e grudar. Macarrão ao ponto, para servir de estilingue. Enfim, armas de guerra. 
Ah! E mais até restinho de pó de café no pacote e detergente pela metade. Acreditem se quiserem. 
E, mais: sapatos com bastante chulé. É que é pra jogar no adversário e deixá-lo bem fedidão. Kkkkk….
E de vez em quando, depois de tudo isto, ainda voa um frangão assado.
Bem o clima é mais para uma luta livre num ringue. Agora, me parece que nas lutas livres, objetos não podem subir no ringue. O clima é mais discreto. Agora, aqui na partilha pode. Nossa!
Bom depois de tudo isto é só chamar uma fanfarra para completar. Para ficar um pouco mais barulhento. 
E a festa acontece durante muito tempo. E nas folgas a gente reza um pouco. 
Total que desejo a todos uma boa divisão de herança. Boa sorte!