Artes e digitalização

Veadinho modelo

Veadinho modelo

Nada como ser veado com este formato de chifres. É o maior sucesso!
Sabe, conforme fui crescendo, fui percebendo que meus chifres eram diferentes dos chifres dos outros veados. E, claro, me sentia rejeitado. E era mesmo rejeitado pelos demais. Mas, nos últimos tempos, tenho me divertido bastante com esta condição. É que virei modelo. 
É o seguinte: fui convidado por um amigo brasileiro para fazer algumas fotos especiais focando principalmente nos meus chifres originais. Ele teve a ideia de fazer uma montagem com meus chifres e detalhes da vida cotidiana dos humanos. São fotos montadas e bem trabalhadas. Artísticas!
Ah! E por falar neles, lembrei de que muitos deles tem verdadeiros chifres como os dos meus pares. E grandes, bem grandes. Daqueles que dá pra estender o varal e colocar roupa pra secar. Vixe! É!!! Mas este é outro assunto. E delicado! 
Fico lembrando dos tempos em que tinha inveja destes chifres dos meus companheiros. Aquele coisa exuberante. Mas passou! Hoje já não faço questão nenhuma. Tenho meus chifres diferentes, cheios de contorcionismos e que meu amigo aproveitou pra criar esta estradinha. A sessão de fotos acho que vai sair bem legal. O que vcs. acham?