Artes e digitalização · Artwork

O tênis de ponta amarela

O tênis de ponta amarela

Quando eu morrer quero ser enterrada com este par de tênis de ponta amarela . 
E é porque na minha vida sempre que andei atrás de minhas esperanças, meus sonhos ou meus anseios me imaginei com um par de tênis de ponta amarela como este caminhando sobre uma faixa brilhante de luz. Esta faixa e estes tênis me levavam a um caminho mais iluminado ainda. Era só seguir sempre. 
É claro que neste percorrer muitas vezes escorreguei, desviei e caí. Foram desvios não naturais. E assim foram porque não segui a mim mesma. E assim é sempre quando tento ser o que o mundo dita o que devo ser. 
Este par de tênis de ponta amarela era confortável e continua sendo. Agora é só pegar o caminho errado da encruzilhada, e são muitas, e ele se torna duro e apertado. E aí eu volto para a trilha de luz. Meu caminho. Ainda bem. 
Por isto penso que devo seguir com eles até o fim de minha vida. Até a morte. E até no meu enterro.