Artwork · Colagens

Lamparina acesa tiozinho

Lamparina acesa tiozinho

Sim, tio, para mim sempre vai estar acesa sua chama. Ela está acesa há muito tempo, mas agora que vc. se foi, tentei, só para reforçar, acender uma velha lamparina que tenho aqui em casa. E não consegui. 
Bom, acho que foi melhor. Acabei fazendo uma arte. Vai durar mais, com certeza. E não corro o perigo de que se apague. 
Aliás ela a partir de agora vai estar mais acesa que nunca. E a cada vez que eu fizer uma nova arte. 
E sabe porquê? Porque afinal de contas foi vc que, por querer, ou sem querer, me empurrou para o desenho. 
Sabe eu já era autodidata, mas, quando comecei a fazer desenho arquitetônico aí eu descobri o desenhar por completo vamos assim dizer. E foi muito bom. E como! E até hoje! E neste momento mais do que nunca! 
Pois é, mas nada disto teria acontecido se eu não começasse a fazer seus projetos. E foram muitos. 
Portanto tiozinho fica aqui através desta arte, meu abraço e minha eterna gratidão. 
Adeus titio!

Este texto e esta arte são uma homenagem ao meu querido tio Irak Cola Craveiro falecido ontem – 16/08/2021.